segunda-feira, 19 de abril de 2010

Não me alimento de quases. Não me contento com a metade. Não serei sua meio amiga e nem te darei meu quase amor. É tudo, ou nada. Não existe meio-termo.

Marilyn Monroe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário